Alquimia Feminina: Cultivo Energia Feminina 

Órgãos sexuais e os rins armazenam parte do Jing, a essência da força primordial. Aprenda a conservá-lo e armazená-lo. Mais energia sexual ajudará a atrair e multiplicar o chi primordial. Os homens aprendem como controlar a ejaculação e transformar a energia sexual em Chi (força vital) e depois transformá-la em força espiritual. As mulheres aprendem como controlar a menstruação e transformar o sangue em chi e da mesma forma transformá-lo em força espiritual.

Eventualmente, haverá menos sangue perdido e mais será convertido em chi.

Jutta Kellenberger:

O curso de Cura Feminina concentra-se na energia feminina, meditação e exercícios que beneficiam mulheres de todas as idades e fases da vida. Além de ser uma prática energizante e espiritual, esses hormônios práticas ajudar a equilibrar. Além disso, normalizar ciclos, aumentar a fertilidade, menstrual ou sintomas da menopausa alívio e melhorar sexuality. Eliminar sintomas pré-menstruais: como a sensação de inchaço, inchaço dos seios, alterações de humor etc. As práticas também ajudam as mulheres a relaxar e a transformar sentimentos negativos profundos. Ativa os sonhos lúcidos.

As práticas ensinadas são as seguintes:
Respiração Ovariana, Massagem da Mama e  Orgasmo (Atraído, Puxado, Aspirado) Ascendente.
O tesouro das práticas sexuais femininas está curando e nutrindo nosso corpo e mente. O útero é o centro sexual de uma mulher como tal. Seu potencial está chegando muito além do crescimento de bebês. Se queremos desdobrar seu poder, temos que nos conectar com ele, limpá-lo e curá-lo em todos os níveis. click video Respiração do Útero Ovariano

Redirecionar e circular nossa força geradora para os centros superiores do corpo revigora e rejuvenesce todas as funções vitais e ativa as forças superiores. É necessário para o nosso desenvolvimento espiritual nas práticas superiores da alquimia interna taoísta.

Ovo Exercício: O uso de uma pedra para fortalecer a vagina é uma prática que evoluiu na China antiga. Muitos que dominavam a técnica tinham uma saúde muito boa, permanecendo jovens e generosos com órgãos sexuais na velhice tão rígidos e resilientes quanto os de uma dama jovem e solteira. A elevação Egg Exercício e Vaginal Peso Melhorar foram implementadas para mais poder para o músculo Chi para levantar a energia sexual dentro e para cima, onde será transformado em maior energia espiritual. Jade Egg Exercise

Alquimia Sexual Feminina

As mulheres perdem pouca energia sexual através do orgasmo, mas perdem-na principalmente através da menstruação e da maternidade. A orientação sexual e os exercícios apresentados estão sendo apresentados claramente ao público ocidental pela primeira vez. Por milhares de anos, os mestres taoístas ensinaram esses segredos apenas a um número muito pequeno de pessoas nas cortes reais e nos círculos esotéricos, que juraram silêncio.

Mestre Chia apresenta três práticas principais que as mulheres podem usar para cultivar e melhorar sua energia sexual: a Respiração Ovariana, a Massagem da Mama e o Sorteio Orgasmico. Quando essa prática é dominada, pode-se experimentar um orgasmo total do corpo que está além do orgasmo vaginal comum, sem perder a energia vital.

Uma série de exercícios com um ovo de jade ou pedra é usada para fortalecer o diafragma urogenital e pélvico, os músculos da vagina e as glândulas, tendões e sistema nervoso. A prática pode encurtar a menstruação, reduzir cãibras e comprimir mais energia vital (Chi) nos ovários para obter mais poder sexual e criativo.

Estes exercícios se prestam aos golpes dos desinformados, mas na verdade foram praticados com sucesso por milhares de anos para aumentar a potência e o prazer da mulher que tem a sorte de conhecê-los.

O fundamento do amor curativo é o cultivo, a transformação e a circulação da energia sexual, conhecida como jing. A energia Jing é energia geradora criativa que é vital para o desenvolvimento do chi (energia vital vital) e shen (energia espiritual), que possibilita práticas superiores de desenvolvimento espiritual. Jing é produzido nos órgãos sexuais, e é energia que as mulheres perdem continuamente através da menstruação e da gravidez. Técnicas poderosas desenvolvidas por mestres taoístas para a conservação do jing e como ele é usado para revitalizar o bem-estar físico, mental e espiritual das mulheres. Entre os muitos benefícios conferidos por essas práticas estão a redução do desconforto causado pela menstruação e a capacidade de atingir o extase de corpo inteiro.

Cultivo Feminino – Um Entrevista com Eva Wong

( Alquimia Feminina)

Fonte: healing-tao.com.br

Por Sara Shepheard

Em uma recente viagem à Inglaterra Eva Wong passou uns dias visitando o Diretor da Associação Taoista, Shi Jing e durante sua estada ela gentilmente concordou em falar conosco sobre o tópico da pratica taoista feminina. A pratica taoista feminina é um tópico frequentemente omitido nos livros de prática Taoista e existe muita confusão em relação a diferença entre o cultivo feminino e masculino e como a prática feminina deve ser modificada para se adaptar aos seus ciclos. Eva tem praticado o taoísmo desde menina e tem um impressionante conhecimento sobre o assunto. Nós somos muito gratos à ela por ter compartilhado um pouco do seu conhecimento conosco.

P. Eva você poderia nos dizer como o cultivo feminino difere do masculino?

Existem quatro estágios de cultivo para todo mundo. O primeiro estágio é a construção das fundações, que implica em se preparar para o segundo nível que é aquietar mente e fortalecer o corpo. O terceiro nível é a circulação da energia e o quarto nível é o retorno ao Tao .

No início, o cultivo é muito similar para homens e mulheres, porque temos os mesmos desejos e as mesmas atitudes e no começo nós trabalhamos com as atitudes. Ambos, homens e mulheres precisam trabalhar com as atitudes que tem para consigo mesmo, para com as pessoas, e para com o caminho do cultivo.

Entretanto quando chegamos no segundo nível do cultivo chamado fortalecimento externo, notamos que os caminhos do cultivo começam a divergir para homens e mulheres. Você provavelmente sabe que o cultivo taoista é também chamado de arte da longevidade, e arte de cultivo do corpo e da mente, e como homens e mulheres tem uma estrutura corporal e uma estrutura energética diferente ( do Chi) seria lógico deduzir que há diferenças quando começamos a trabalhar com nossos corpos e energias.

Nesta etapa, quando trabalhamos no corpo físico, para seu fortalecimento externo, nos homens a força é mais importante porque os ossos dos homens são maiores. Meus professores me dizem que nesse nível de treinamento os homens geralmente precisam trabalhar a flexibilidade, já que seus tendões são mais tensos Os tendões das mulheres são flexíveis, mas seus ossos não são fortes. Por isso no nível do fortalecimento externo, as mulheres devem e desenvolver ossos fortes e isso envolve Tao Yin e exercícios calistênicos, principalmente os exercícios de mudança de suporte de carga dos tendões, colocando mais a força de apoio nos ossos. Não estamos falando aqui em apenas construir músculos, estamos falando sobre exercícios de suporte de carga para fortalecer os ossos.

P. Então o Tai Chi seria um bom exercício para as mulheres fazerem nesse estágio?

Tai chi e artes marciais seriam boas. Os homens então precisam naturalmente construir flexibilidade. Os exercícios calistênicos são muito bons para isso. De fato se você olhar para os exercícios do Tao Yin , muitos deles são exercícios de flexibilidade, e pela história do Tao yin não é de se surpreender que ele foi primariamente desenvolvido para os homens, porque a maioria dos praticantes naquela época eram homens. Nos tempos modernos existem mais mulheres praticando e as mulheres geralmente precisam construir ossos fortes e para isto precisam de um tipo de treino que embora enfatize a flexibilidade, também desenvolvam ossos fortes.

P. Quais são os problemas físicos que as mulheres podem encontrar quando iniciam a meditação sentada?

Quando as mulheres começam a meditar, muitos dos problemas estão aqui (Eva indica a região espinhal lombar) é lá que ela sente tensão. Isto porque se você observar como o corpo da mulher é estruturado, tem a parte superior do corpo, vem a cintura, e depois vem o quadril, parece uma ampulheta e para tudo isso se abrir, para que essa área fique menos dolorosa ao se sentar, estes ossos (Eva indica a àrea atrás da cintura) precisam abrir para que o corpo se torne mais reto. Nos homens tudo é reto, então eles precisam expandir uniformemente a região abdominal para que o tan tien possa afundar. O Tan Tien das mulheres é maior, mas é como uma boca garrafa que precisa ser expandida. Por isso as mulheres geralmente têm dor na região lombar quando começam a meditar, e os homens têm dor nas juntas dos quadris.

P. O que acontece no terceiro estágio do cultivo?
Agora quando se chega ao estágio de circulação de energia, que é o terceiro estágio do cultivo, as diferenças entre homens e mulheres se tornam ainda mais obvias porque você esta lidando com o ching, chi e shen. Aqui neste estagio o Ching e o Chi, tanto em sua forma externa quanto em sua forma pura são bem diferentes para homens e mulheres, resumindo; para os homens o ching em sua forma externa é o liquido seminal e para as mulheres sua forma externa flui para fora como sangue no seu ciclo menstrual mensal. É por isso que nos textos Taoistas o chi é descrito como a ‘àgua do homem’, e o ‘sangue da mulher’. Estas são as formas externas do ching. Por isso quando as mulheres estão praticando neste estágio energético, precisam se tornar consciente de seu ciclo menstrual, de quando ocorrem, e praticar a meditação e o tao yin de modo diferente nesses períodos. Na escola Hua shan, eles recomendam que durante o ciclo menstrual as mulheres não devem focar no tan tien inferior quando meditam. Eu acredito que isso também é verdade para a escola Chuan Chen e provavelmente para todas as escolas que lidam com alquimia interna. Isto porque a meditação é um meio de coletar energia interna e como o ciclo menstrual é a época que você perde energia interna, essa é a época em que quanto mais você coleta energia mais você expele. Não é apenas uma perda de tempo coletar energia neste período, você também pode acabar expelindo mais energia do que coletou.

P. Então as mulheres não devem meditar durante o seu ciclo mensal?

Meus professores dizem que se o corpo tem cólicas e se você se sente desconfortável não tem porque se sentar para meditar, spere até o desconforto passar. Não precisa forçar o seu corpo em posições desconfortáveis. De qualquer forma, uma vez que o ching tenha sido refinado, (para a mulher o ching se tranforma em vapor e é armazenado ao redor dos seios), neste estagio elas não precisam se preocupar com isso, para o homem ele é armazenado na área ao redor dos rins. Existe ainda uma outra diferença entre homens e mulheres na parte da circulação da energia na órbita microcosmica; as mulheres começam a circulação da energia no bico dos seios, os homens na parte inferior do abdômen.

P. É seguro para as mulheres amamentarem se elas estiverem nesse estágio do cultivo?

As mulheres armazenam a energia nos seios, especialmente as que amamentam crianças vão perder um pouco daquela energia, contudo a amamentação estimula o seio e assim elas podem cultivar energia muito melhor que os homens.

Eu acho que é importante para as mulheres entenderem que sua forma de circular energias no corpo é diferente da dos homens. Elas devem praticar para que se tornem mais conscientes das mudanças que ocorrem em seu corpo e assim não terem medo quando certas experiências acontecerem. Eu acho que esse tipo de informação é importante porque há muitos comentários falsos sobre o que acontece quando as mulheres tem seus ciclos menstruais. Também há muita informação errada sobre a interrupção do fluxo menstrual, chamado de ’matando o dragão vermelho’ que quando acontece, significa que o corpo da mulher retornou à puberdade e não há nada a temer a este respeito. Eu penso que o medo acontece quando existe ignorância e quando existe má compreeensão, mas se a mulher tiver um bom entendimento do processo e dos diferentes estágios da pratica, elas podem esperar o que vai acontecer, e quando acontecer, podem lidar com isso de uma forma mais sensata.

P. Então quando as mulheres entram na menopausa e o seu sangramento mensal para, isso significa que elas acabaram com o seu ching?

Sim. Menopausa de acordo com a alquimia interna Taoista é o sinal que o ching externo foi gasto e ele precisa ser re-coletado e re-introduzido no corpo. Nós sabemos de fontes médicas que a menopausa é realmente o sinal de que a saúde da mulher está começando a declinar porque é quando a osteoporose e o risco de câncer de mama e outras doenças começam a ser mais diagnosticadas nas mulheres. Isso acontece porque elas perderam e depauperaram o ching, na menopausa, a mulher precisa aprender então, a trazer de volta a energia dos ossos. As mulheres mais velhas, precisam trabalhar muito mais duro no desenvolvimento da força óssea, porque é da mêdula óssea que elas vão recuperar o ching que perderam. No treino taoista assim que essas mulheres recuperam o ching seu ciclo menstrual recomeça.

P. É mesmo?

Sim, o ciclo menstrual vai retornar e então elas devem novamente ‘matar o dragão vermelho’. Os textos taoistas dizem que a mulher que passou pela menopausa deve re-introduzir o fluxo e então matar o dragão. Quando o fluxo retorna e ela o para, ai então o cultivo do ching está completo.

P. As mulheres devem praticar durante a gravidez?

Meu professor me disse que não existe nenhum problema a mulher praticar durante a gravidez.

P. Você ainda deve manter o foco no tantien inferior durante a gravidez?

Você deve fazer as práticas da maneira que você usualmente faz, mas a grande diferença é que você não deve se agachar muito e nem empurrar tão forte quando fizer os calistênicos e os exercícios físicos. Quanto a meditação, muitas mulheres continuam meditando até o parto.

P. Como a gravidez afeta o ching da mulher?

A gravidez gasta o ching da mulher. Muitas pessoas perguntam como casais que estão querendo filhos devem praticar. Bem toda vez que o homem ejacula ele perde energia. Quando você faz um bebê, aquela energia é usada para fazer o bebê. A questão surge quando você quer ter bebês enquanto cultiva? Poucas pessoas irão tomar a decisão de não ter bebês, no entanto isso é o ideal. Mas se você tiver filhos você deve entender que a mulher perde muita energia depois que dá a luz, ela deve então procurar maneiras de recuperar aquela energia perdida, que pode ser conseguido com a ajuda de ervas ou com muito mais trabalho com o cultivo. É muito importante recuperar de volta essa energia.

P. Quando uma mulher chega ao terceiro nível da meditação, o que acontece quando ela começa a mover a energia na órbita microcósmica, o ponto de partida seriam os seios e deveriam enviar dali a energia para baixo até o períneo e então pelas costas?

Sim, mas não existe apenas um caminho possível, existem diferentes caminhos da circulação micrósmica, não é sempre para cima de um lado e para baixo do outro.

P. Então como deveria ser o padrão da circulação com a respiração?

Apenas de vez em quando a órbita microcósmica se move ligada à respiração. No começo pode acontecer, mas esse é um tipo muito externo de respiração, e é o mais elementar. Muitas vezes o chi não segue a respiração, ele flui por vontade própria. Ai então a respiração segue o chi e pode acontecer de não estarmos conscientes da respiração e a órbita microcósmica continuar circulando. Não existe uma única forma dela fluir e creio que isso tem sido mal compreendido através dos tempos. Subir pela coluna e descer pela frente são apenas uma das maneiras dela fluir, mas não e a única forma.

Em seu nível externo a órbita microcósmica se move pela respiração, mas em um nível mais puro, ao nível do céu anterior, ela se torna mais associada ao vapor, que não é realmente a respiração, é apenas energia dentro do corpo. Muitas vezes a circulação é sem forma porque o Tao é sem forma. Se você pode sentir a energia chi movendo-se de certas maneiras isso não é o Tao em você, é apenas uma emanação do Tao em você.

A chave para se abrir os tan tiens, os centros de energia na frente do corpo é abrindo os três portais nas costas. O portal inferior é o ming men, se você o abrir então você abriu o tan tien inferior, se você abrir o portal do meio então você abriu o tan tien do meio e se você abrir o portal superior você abriu o tantien superior, Você os abre pelas costas, nunca deve abri-los pela frente. Se você tentar abrir pela frente você estará forçando o chi. (nota tradução; os portais das costas são: o ming men, o T5-6 e o Travesseiro de Jade)

P. Quais são as diferenças entre homem e mulher no último estágio de cultivo?

No último estágio não existe diferença entre homem e mulher porque você esta retornando ao Tao, então diferenças de gênero desaparecem completamente, tanto faz se são diferenças fisiológicas ou sociais, elas desaparecem. É por isso que quando o corpo está em um alto nível de prática, os quadris maculinos começam a se parecer com os femininos e a espinha começa a mudar. Para a mulher, a estrutura óssea ao redor da cintura muda e alarga como a masculina, então as diferenças começam a acabar.

O mesmo acontece com as crianças pequenas, não há muita diferença estrutural entre o bebê masculino e feminino, a única diferença são os órgãos sexuais.

P. As mundanças que você precisa fazer em sua prática, enquanto avança de um nível para o outro são intuitivas?

Não elas nem sempre são intuitivas. Você precisa aprender e é por isso que é tão importante ter um professor para te mostrar, porque o professor pode observar o seu nível de desenvolvimento e recomendar o que você precisa trabalhar.

P. Você acha que geralmente as mulheres tendem a viver mais do que os homens?

Sim as mulheres vivem mais do que os homens porque os homens têm um grande problema em manter a flexibilidade da espinha e como resultado, os homens tendem a ficar rígido com a idade. As mulheres têm espinhas muito mais fortes porque precisam carregar o feto, o problema das mulheres é possuir ossos mais fracos, com a idade elas começam a ter osteoporose, e os homens não. Mas acho que geralmente os homens, em nossa sociedade, têm uma atitude mais agressiva que trava o médio tan tien, as mulheres sendo menos agressivas acham mais fácil manter essa abertura. Na antiga China, as mulheres também viviam mais do que os homens, a principal razão para isto é que os homens usam muito do seu ching, eles usam muito sua energia geradora (indulgência sexual), a mulher usa menos.

As mulheres também são mais ativas fazem o trabalho de casa, cuidando das crianças etc. E geralmente fazem muito mais exercício enquanto os homens são muito mais sedentários. Eles não andavam muito na antiga China e não faziam exercícios, por isso acabavam vivendo uma vida curta. Hoje em dia devido aos conhecimentos da medicina ocidental e da higiene, as pessoas vivem vidas mais longas, mas porque têm atitudes menos agressivas, as mulheres são menos estressadas, e por isso geralmente elas são mais saudáveis que os homens.

P. É interessante quando você diz que porque os homens são mais agressivos têm bloqueio no médio tan tien, porque na nossa sociedade dizemos frequentemente que as mulheres são mais abertas que os homens.

Sim mulheres têm menos problemas com bloqueios no médio tantien. Elas também, em diversos aspectos, tendem a ser mais aberta que os homens. A estrutura do quadril das mulheres é mais aberta porque elas carregam o feto, quando as mulheres praticam, são mais capazes de se adaptar a postura sentada. Leva um longo tempo para que os homens se tornem abertos nos quadris e possam se sentar confortavelmente. As mulheres acham isto muito mais fácil.

P. O Tao Te ching diz retorne para o Tao, mas mantenha o yin. O que isso quer dizer?

Sim mantenha o Yin, o vale do espírito. O vale do espírito é a receptividade. É importante manter o espírito equilibrado. As mulheres são meio yin e meio yang os homens são meio yang e meio yin. Se você observar os trigramas do I Ching que representam homens e mulheres verá que os homens são ‘Li’ que tem uma linha sólida no topo, e uma linha quebrada no meio e uma linha sólida embaixo – duas partes yang e uma parte yin. Para as mulheres o trigrama é K’an que é duas partes yin e uma parte yang. Então as mulheres são macias por fora, porém muito fortes por dentro, os homens são muito fortes por fora, porém macios por dentro.

As mulheres frequentemente não entendem que elas tem a força dentro e que só precisam treinar para que possam ser suaves fora. A força interna da mulher é algumas vezes confundida com resistência. As mulheres persistem em um projeto por muito mais tempo que os homens. Os homens então precisam praticar e treinar a maciez interna. Muitos homens não entendem isto, eles geralmente mostram a força, a iniciativa, mas a maciez interna não é usualmente comprendida porque vivem construindo esta imagem de agressão e força, e não possuem dentro a suavidade necessária para dar suporte a esta força. Em certo nível a maciez é simplesmente a aceitação das coisas, aceitar que você pode estar errado. Deve-se fazer tudo para acertar, mas deixando a possibilidade de admitir que você pode estar errado, Os homens têm muita confiança em si mesmo, porém muito menos segurança. As mulheres geralmente têm mais segurança, porém muito menos confiança em si mesma.

P. No Taoismo você cultiva o yin primeiro?

Sim, o Ching que se localiza no tan tien inferior, é Yin porque é líquida. Quando você cultiva o yin significa cultivar o ching no tan tien inferior. O ching se torna vapor e se move para cima, para o médio tan tien onde se mistura com o chi. O chi que se localiza no médio tan tien é a energia yang porque é vapor e o fogo sempre é yang.

P. Existe alguma coisa que pode ser perigosa no cultivo Taoista?

Sim, quanto mais profundamente você cultiva e há mais tempo, mais perigos podem aparecer. Para um iniciante não tem muito perigo porque o corpo é pouco flexível e a circulação de energia não está muito fluida. O nível de cultivo intermediario é o que apresenta mais perigos. O perigo número um é o desejo, quanto mais alto você vai mais prejudicial pode ser, mesmo que seja um único pensamento. Eu vou te contar uma das histórias que o meu professor me contou, e é uma história verdadeira. Meu professor uma vez teve um aluno, cerca de 13 anos atrás em Hong-Kong, que era muito bom. Ele começou o cultivo quando tinha cerca de 8 anos, antes da puberdade. Esse estudante era muito talentoso e muito inteligente ele entendia e aprendia tudo muito rápido, quando tinha 12 ou 13 anos seu professor disse “você vai me superar no cultivo algum dia!” Ele começou a usar esse estudante para ajudá-lo a ensinar e quando o garoto tinha cerca de 17 ou 18 anos o professor disse que ele podia ir e ensinar sozinho.

Naquela época os vilarejos na área rural em Hong-Kong, onde o mestre e o estudante estavam vivendo, eram muito pobres e não existia nenhum tipo de tentação. Não existia nem luz eletrica, você tinha que pegar àgua do poço e lá não havia luxo. Quando o estudante começou a ensinar mais pessoas, ele começou a se aproximar de Hong-Kong. Naturalmente os estudantes se aproximavam dele trazendo suas namoradas e ele acabou conhecendo a vida noturna, restaurante, carros velozes, conheceu o luxo e começou a ser atraído para estas coisas. O seu professor lhe disse que tomasse muito cuidado com o perigo do desejo sexual porque, veja bem, esse garoto nunca tinha derramado nada do seu ching, desde que ele era um garoto ele coletou e cultivou seu ching, o mestre disse a ele “se você um dia chegar nessa situação onde você pode perder isso você irá danificar sua saúde, você pode ate mesmo morrer”. Mas o estudante não acreditou no mestre e uma noite ele levou uma mulher ao seu quarto e dormiu com ela. Teve então uma grande descarga seminal e então percebeu que não podia mais parar a descarga. Foi ao banheiro urinou e todo o fluido saiu. Então ele voltou para a cama caiu e morreu porque perdeu toda a sua energia geradora de uma só vez! A energia era tão forte que ele não conseguiu para-la. Era como uma fonte aberta que se abriu e não conseguia mais fechar, e toda sua vida fluiu para fora.

P. Mas isso aconteceu somente porque ele tinha um certo nível de cultivo?

Sim, ele atingiu um nível extremamente alto, mas deu um passo em falso e morreu. Este é um dos problemas mais sério. Outro problema menos sério que escutei do meu professor é sobre pessoas se tornando psicóticas porque tentaram forçar a energia a circular. Tentar forçar resultados é perigoso. Algumas pessoas que eu conheço em Hong-Kong estavam praticando a órbita microcósmica e forçaram a energia, eles forçaram a sua circulação, forçando a respiração e ficaram loucos. Tornaram-se psicóticos e foram internados em hospitais de doentes mentais. Então é isso que pode acontecer se você forçar as coisas.

P. Quais são os perigos nos níveis iniciantes?

Nos níveis iniciantes existem alguns perigos, como, por exemplo, meditar por algum tempo e depois gastar toda a energia que gerou com a pratica em farras e noitadas. Isso também é um perigo, mas é um perigo diferente daqueles outros que falei acima, neste, ao fazer farras, você perde toda a energia que trabalhou para ter. Eu tenho encontrado praticantes da yoga sexual que terminaram criando pedras nos rins porque tentaram puxar com força o ching de volta aos seus corpos logo depois da descarga (segurar a ejaculação mecanicamente). Fazer isto sem um instrutor é sempre perigoso.

P. Você deve parar toda a tividade sexual?

Se você praticar os exercícios para o corpo e a mente da maneira apropriada, é aconselhável conservar a sua energia sexual. É recomendado que você não a perca, e quanto mais você é capaz de parar o seu desejo sexual menos desejo sexual você irá ter, mas se tentar reprimir o desejo sexual, não terá sucesso e mais você irá desejar! Existe muito pouca gente capaz de eliminá-lo completamente, então o melhor é compreender a necessidade de conservá-lo. Procure compreender que é para o bem de sua própria saúde que você está fazendo isso.

P. Qual seria o seu conselho para se manter afastado do perigo?

Meu conselho sobre isso é algo que meus professores sempre me disseram. Primeiro comece sempre transformando suas atitudes. Essa é a coisa mais segura a ser feita, e a mais importante, porque todos os perigos vêm de uma atitude incorreta. Então trabalhe sempre aquietando a mente e esvaziando o desejo. Se você for capaz de fazer isso acaba o risco e os perigos dos níveis superiores. A segunda coisa é não forçar resultados. Eles precisam acontecer naturalmente, você não pode forçar o fluxo do chi apenas imaginando-o ou tentando direcioná-lo. Forçar as coisas não é o caminho Taoista. A terceira coisa é sempre praticar sob supervisão. Nunca siga sozinho o caminho. Não pense “Eu irei ler alguns livros e então poderei fazer as coisas do meu jeito” porque essas coisas são perigosas e sem a supervisão de um professor qualificado elas podem ser muito perigosas. Você precisa achar um professor e ser supervisionado.

P. Existe alguma coisa mais sobre o cultivo para mulheres sobre o qual não falamos?

Uma coisa que é frequentemente negligênciada sobre o cultivo para mulheres é a ajuda dos parentes e amigos. Muitas mulheres acham muito difícil ir para as aulas porque elas precisam ficar em casa para cuidar das crianças e frequentemente os maridos não as deixam ir. É mais normal para um homem sair a tarde ou no final de semana. As mulheres precisam de amigos que possam cuidar das crianças, e um marido que esteja preparado para cozinhar por uma tarde, para que ela possa ir. Ajuda muito contar com pessoas. Eu acho que a família e os amigos precisam respeitar as necessidades espirituais da mulher e permiti-la fazer seu cultivo.

Eva muito obrigado.

…..

O TAO das águas e seu poder de retorno ao natural

 

Sobre a água e os cuidados com essa energia primordial

Nos primórdios do que chamamos civilização, que é criada pela visão de mundo dos que nela vivem, a água era reverenciada, cuidada e adorada como uma deusa. Feminina, Yin, sensual e como força primordial e ancestral que recolhe outras forças que geram a vida.

Quando começamos a despertar para o milagre da vida, logo surge nosso amor e veneração por ela.

Quando uma civilização se torna moribunda, perde o contato real com essa energia, e a forma com que a percebem, cuidam e protegem essa energia Primordial, vai determinar seu fim ou não. Os antigos a veneravam, Yemanjá, Pacha Mama, Kuan Ni, Nossa Senhora Aparecida, a madona negra de Guadalupe, são todas representações religiosas dessa energia.

Nosso mundo concreto e objetivo é construído pela geração da energia que o torna material e visível. A primeira fase desse movimento vem com a força da água. Planeta sem água é um planeta que não gera a vida material como conhecemos. A sequência dessa geração é ensinada pelo livro das mutações, O I Ching que mostra sua sequência no ciclo de geração e de controle da energia da vida ;

A água alimenta a madeira (plantas) que alimenta o fogo, que alimenta a terra, que alimenta o metal que se contrai e gera novamente iniciando perpetuamente um novo ciclo.

Quando essas forças se desequilibram o universo cria o ciclo de controle que assim se processa;

Quando a água excede e transborda entra a terra para controlar (os desabamentos exercem esse controle). Quando a madeira excede vem o metal cortando esses excessos (poda de arvores é uma delas). Quando o fogo excede vem a força da água equilibrando, quando a terra excede vem madeira controlando-a (por isso o controle de desabamentos é plantar árvores). Quando o metal excede vem a força do fogo controlando-o.

Esses conhecimentos são instintivos, aprendemos naturalmente vivendo e observando a natureza. A vida existe pela circulação desses ciclos, mas desconhecemos seus amplos usos na geração da energia da vida. Essa ignorância dessas leis primordiais de geração de vida, e o respeito a elas é o fator determinante da permanência ou destruição de uma civilização.

Nossa mente dificilmente segue esses princípios, e quando começamos a despertar para o que chamo nossa verdadeira espiritualidade, o primeiro passo é retornar a essas leis primordiais, aprender como elas funcionam e a obedece-las seguindo esses ciclos para manter a vida na terra ou destruí-la.

Esse entendimento faz parte de nosso desenvolvimento saudável espiritual. Os povos primitivos passavam a percebe-lo criando mitos, deuses, deusas sacralizando essas forças e a servindo através dos ritos. Uma outra forma mais moderna seria a compreensão de suas etapas de geração e destruição da energia da vida e aplicando-as diariamente.

O homem sábio, é aquele que por intuição segue esses princípios, e passam esse conhecimento para um dos descendentes ou discípulos que apresentavam esse interesse nato. Assim foi mantido em muitas tradições orais, preservando conhecimentos vitais a gerações futuras. Xamanismo, alquimia interna taoista, as artes marciais, a Ikebana, a macrobiótica, tradições indígenas, conhecimentos naturais de homens que vivem no campo, tudo isso é uma fonte de estudos que nos levam a compreensão dessas leis. Sendo a mais cientifica de todos eles a Alquimia Interna Taoista acoplado ao entendimento das leis das mudanças nos estudos do I Ching O Livro das mutações. Esses estudos nos ensinam de forma simples e direta esse funcionamento de geração de energia dentro do nosso corpo e no universo. Ensina sem a necessidade de adoração de imagens de deuses ou deusas embora as aceitem.

Mas nesse texto, vamos falar apenas da água, nossa fonte primordial que inicia o ciclo gerador da energia da vida.

Na terra ela inicia a vida e no nosso corpo ela é a energia da função dos rins, dos órgãos reprodutores sexuais, dos ossos e do sangue. A sabedoria instintiva dos animais, das crianças e dos homens não civilizados vem dessa energia primordial.

Todos os males humanos nascem de mau funcionamento na absorção e circulação dessa energia ancestral chamada pelos chineses de JING. Pessoas com deficiência dessa energia estão caminhando para a morte, elas já não vivem, aprenderam apenas a obedecer um sistema matricial de geração por falsos conhecimentos e crenças criadas artificialmente pela educação pública e privada, pelos preconceitos familiares e nacionais, e mantidos como verdades pela nossa mídia e por organizações comerciais poderosas que lucram muito com nossa ignorância de seus processos controladores.

Muito difícil se libertar desse jugo no nosso mundo civilizado. Voltar atrás e viver como índios não aculturados, e homens simples do campo não funciona. Temos muitos conhecimentos válidos e bons para realizarmos esse retorno sem transtornos psicológicos graves. Podemos sim, imponderados por conhecimentos verdadeiros, cuidarmos de recuperar essa energia e retornar sim para viver em locais onde possamos ter acesso a essa água pura e ali construir comunidades conscientes e viver com saúde. A internet e a tecnologia nos provem os recursos necessários e virtuais de gozarmos do melhor do nosso desenvolvimento, sem a contaminação dos donos do mundo que usam esses recursos para nos escravizar. Ter liberdade saudável é poder ter o controle sobre a qualidade da água que ingerimos e aprendermos a recuperar a energia JING poderosa que circula em nosso corpo, Parece ingênuo e simples demais?

Mas assim É! Não é questão de acreditar, é questão de mudança de visão de mundo, sem crenças, apenas vendo a verdade nua e crua nas leis que mantém a vida bem visível a nosso olhos e corações abertos a compreensão.

Se quiser saber mais, se debrucem sobre conhecimentos ancestrais e pensem um pouco sobre o que mantém e nutre sua vida. Cientes disso, façam escolhas conscientes que possam defende-los da eminente morte dessa civilização que desrespeitou a leis simples das mutações que mantem qualquer coisa viva. Ela está em agonia e em processo de revitalização que depende de nossas escolhas, para não morrermos junto com ela.

Há um mundo nascendo exatamente agora enquanto um outro morre. Só você e seu conhecimento verdadeiro pode salvar sua vida. “Salve-se quem souber porque poder, ninguém pode mais.” Dizia em 1970 meu mestre musico e alquimista Walter Anton Smetak

As leis do livre arbítrio ainda funcionam. Tudo depende de VOCÊ e de suas escolhas.

Um beijo no coração de todos! Principalmente no coração da moça que acha bobagem todos se mudarem para os campos. Ela ainda não percebeu a incrível revolução que a humanidade inteira faria se isso realmente acontecesse. Muitos já acordaram e já se foram para os campos, mas poucos escolheram esses locais por serem mananciais inesgotável de água ainda pura!

Post Script

Levei minha vida adulta inteira dedicada ao caminho, a encontrar as respostas que todos nós humanos viemos para a vida encontrar. Hoje nas vésperas dos meus setenta anos, encontrei algumas respostas, pelo menos as mais primordiais.

Ilusão acreditar que nas grandes cidades bebemos água viva. Pois é, a água também está sujeita às leis de conservação e vida que nós humanos também estamos sujeitos. A água morre quando é colocada em tubos escuros, depois de sofrer um bombardeio químico para tratar as toxinas criadas pelo nosso desprezo aos dejetos tóxicos que nela jogamos.

A água servida nas torneiras das grandes cidades está morta.

Não mais interagem com o bio sistema que a torna viva. Trancada e “tratada” ela perde todos os seus nutrientes energéticos. Tornam-se meios fáceis de contaminação não premeditada e mesmo as premeditadas por guerras químicas e viróticas de organizações criminosas, de governos e terroristas.

Suspeita-se através de depoimentos de gente simples da África, que o Ebola foi um dos vírus jogados nas fontes de distribuição de algumas cidades africanas. Moradores afirmam, que eles mesmos foram contratados para jogar “algo” nesses tanques de armazenamento, contratados por estrangeiros. A imprensa nega, e considera medos irracionais de gente ignorante. Assim se perpetua crimes nunca antes vistos na história da humanidade.

A água é vital, é sagrada!

Ely Britto

Autora do livro I Ching Um Novo Ponto de Vista e instrutora sênior de Alquimia Interna Taoistas

…….

Sobre Recuperação do Jing

No primeiro e segundo módulos de nosso programa de formulas milenares, ensinamos vários exercícios para recuperar nossa energia primordial, os taoistas chamam esta energia de jing. Em nossa linguagem moderna seria a energia do instinto intacta nos povos primitivos e nas crianças, e quase sem contato com a consciência nos homens civilizados e urbanos.

A energia jing funciona como uma pilha de vida, que se esgota com nossos hábitos por volta dos 40 anos. Dali em diante o homem usa a energia remanescente, a zona de alerta, a reserva de combustível em um automóvel, avisando que o fim está próximo.

Quase todas as práticas chinesas conhecidas, informam a seus praticantes que não se pode recuperar esta energia, que uma vez gasta, pode-se apenas impedir que se esvaia completamente. Isto é dito tanto na acupuntura quando no Tai Chi e nas outras artes marciais. O sistema de alquimia interna porém , nos informa que sim, podemos recuperar esta energia, mas para isto precisamos ir a sua fonte, a energia sexual que nos doou esta energia no momento de nossa concepção. Esta “pilha” de vida, é retirada da energia primordial do esperma e do óvulo dos nossos pais no momento de nossa concepção.

Seria o DNA, que tem o modelo de todas as doenças, de todas as células troncos que vão formar o recém concebido dentro de uma forma humana.

Para recuperar nosso Jing e voltarmos a ter a energia com a qual nascemos, é preciso conscientizar o corpo e ensina-lo a retirar esta energia do sêmen e do óvulo quando não estamos fazendo crianças. Toda nossa prática sexual é sobre a recuperação deste Jing e sua circulação pela órbita microcósmica. A bomba que puxa essa energia e reverte seu fluxo para dentro do corpo, é o períneo. Saber usar o períneo para bombear a energia e levar até os pontos francos do corpo, é uma das formulas que aprendemos nestes cursos.

O períneo é a bomba sugadora e o condutor dessa energia e ele precisa ser exercitado para recuperar esta sua capacidade. A energia que ele bombeia pode vir da terra ou dos órgãos reprodutores (ovários e testículos) .

Neste ultimo final de semana, fizemos um workshop desta formula sexual, e os alunos aprenderam a encher seus rins com o Jing, usando o períneo e uma forma especial de respirar dentro desse órgão. A Vivi fez tão bem que recuperou em apenas um curso de final de semana, o que leva décadas para alguns outros alunos conseguirem realizar com sucesso.

Sem duvida que os rins vão sentir dor quando recebem uma dose extra e especial de energia Jing, eles absorvem tanta energia que o aluno pode sentir dores nas lombares, mas essa dor é uma dor positiva. Uma dor de quem está digerindo a dose extra de energia recebida.

Uma vez recuperado o jing, a pessoa nunca mais é a mesma, ela nunca mais adoece e pode construir tudo o que sonha usando esta fonte extra de energia adquirida.

Infelizmente não basta conhecer a parte técnica para ter um resultado tão positivo quanto o que a Vivi teve, é preciso haver amor e abertura interna para que a energia faça a conexão com você e resolva lhe suprir com uma bela carga extra dessa energia. Por isso fiquei tão entusiasmada com o resultado da Vivi, e comemorei com ela este feito.

Leiam abaixo o que um praticante nos ensina sobre a importância do períneo nessa fase de recuperação do Jing:

“Ter tonicidade no músculo anal e no diafragma urogenital é vital para esta técnica, mas não devemos confundir isto com tensão e total contração. Seria ridículo acreditar que devemos manter estes músculos sempre fechados. Todos estes músculos devem ser firmes mas seria tolo pensar que isto significa mantê-los sempre contraídos. Eles devem ser fortes o bastante para se manter constantemente em um estado de contração estando ao mesmo tempo relaxados È muito importante para que este relaxamento seja correto, que contraiamos quando inspiramos e relaxamos alternadamente quando expiramos.

Eles devem ser fortes o bastante para se manter constantemente em um estado de contração, estando ao mesmo tempo relaxados È muito importante para que este relaxamento seja correto que contraiamos quando inspiramos e relaxamos alternadamente quando expiramos.

Se estes músculos forem suficiente forte você não precisa se preocupar com a perda da energia quando você expira .Você sabe a forma correta de respirar o Chi pelo anus ou pelo portal de energia do Períneo? Quando você inspira com os pulmões (o que significa trazer o Chi para dentro) você também inspira o Chi pelo anus simultaneamente. Nesta forma de inspiração você contrai gentilmente o anus e isto ajuda a dirigir tudo para cima, sendo assim, quando você expirar você pode relaxar totalmente o anus e deixa – lo descansar, mantendo a mesma tensão anterior que gerou a energia. “

Espero que tenham compreendido a importância do que a Vivi experimentou!