Artigos do Portal:
#A história do Falnama (Livro dos Presságios) e divinação no mundo islâmico.#A história dos romanis (ciganos)#“Sou uma mulher sensível”: sobrecarga sensorial do TDAH em adultos#Rainha Maria da Romênia#Rainhas dos Romanis#Gaianismo#Um breve guia para as constelações babilônicas e sua astrologia#Deusa Hitita do Sol, a deusa do Sol de Arinna de origem Hattiana#Empoderamento das mulheres#A verdadeira constelação do zodíaco em que o sol estava no dia que você nasceu#Artigo da Semana#Divindades Femininas na América do Sul#Deusas Maias#Chá para o Parto – Chá Mexicano#Domesticidade e Feminilidade#A Deusa Inuit Sedna#Changelings – Lendas das crianças trocadas#Gaulesas e Gauleses e as Divindades Celtas#Origem da Festa Junina#Festival Folclórico de Parintins#História e Origem das Festas Juninas na América#Anat, Deusa antiga Cananita#Óleo de Abramelin#Deusas Celtas#Mitos e Lendas Eslavas#Cartimandua e Boudica (Boadiceia)#Zorya, Deusa Eslava da Luz#Reavivando o Divino Feminino por meio de histórias e tradições celtas#Reino de Hel: A Deusa Nordica do Submundo – Indo e voltando para o inferno#Fiar e tecer, as artes mágicas femininas e maravilhosas associações#História Celta relacionada ao Mito do Rei Arthur#Cailleach: Mito Irlandês, Lenda e o Feminino Divino#Mitos e Estações no céu Tupi-Guarani#Deusas da Natureza#Druidas femininas, as sacerdotisas esquecidas dos celtas#Deusa Nemetona#A luta de Elizabeth Packard contra a tirania legal dos maridos#Baalbek – Templos de mais de 5000 anos – Deusas Venus / Atargatis#Al-Lāt, Allat, Allatu ou Alilat , a deusa árabe pré-islâmica#Tir na nOg e Tuatha De Danann#Oráculos no Druidismo / Oráculos Druidas#Um Ogham para os Montes Apalaches#Awen, a inspiração divina: princípio central na tradição druida#Atlantida, a civilização anterior a atual#Mulheres na sociedade Maia#O princípio feminino: uma ideia em evolução#Yoni e ‘Sheela Na Gig’#Deusas Nativas do Brasil e os mitos de mitos#Os Nativos do Novo Mexico (Norte America) Zuni e Puebloans Ancestrais#Maria Madalena / Maria Magdalena#Mehrgarh – sitio arqueológico neolítico (datado de 7000 aC a 2500/2000 aC – Paquistão)#A PODEROSA ORAÇÃO AO PLANETA DE MAIS DE 500 MULHERES NO VALE SAGRADO DO PERU#Monte Ararat#Alfabeto siríaco#Monte Nemrut / Nemrud#Maitreya (as três mães) se encarna#Compreendendo a filosofia de Shiva-Shakti através de ‘Ardhanarishvara’#Shakti e Kali#Sobre Magia#As Eras Glaciais – A História da Ciência sobre o tempo antes do auge da Civilização Ariana#Sonhos lúcidos podem nos aproximar de experimentar a “realidade” não dualista do que acordar a meditação#Honrando nosso sagrado ciclo feminino ‘tempo da lua’#Atlantida e os deuses antigos#Artemis#Doze mulheres famosas da idade média#Jezabel: princesa de Sidom, rainha de Israel#Hormônios e seu ambiente – Quando se trata de hormônios, há mais de um “normal”#Os ciclos femininos, ciclos de fertilidade e menstruação nas Culturas Nativas#Ereshkigal – Deusa Crone, Deusa do Submundo e da Morte#Deusas Crone – As Mães das Sombras, da Morte#Deusas Incas#Deusas da Água – Deusas do mar, dos rios e lagos#Deusas do Fogo#Recomendações da medicina tradicional chinesa para ajudar a aliviar as dores do período menstrual#Maré – a força do Sol, da Lua e outros astros sobre a Terra#Mais artigos para ginecologia natural: plantas, ervas#A civilização mais antiga do mundo é ainda mais antiga do que se pensava#Antropologia Feminista#Abraçando o feminino divino, a escuridão, a sombra e tudo#Deusas nativas americanas#Coatlicue, deusa mãe asteca#Ginocentrismo e Androcentrismo#O Feminino nas religiões#Amphitrite / Salacia: A Deusa contraparte de Netuno / Poseidon#CORRESPONDÊNCIA ENTRE PLANTAS E PLANETAS: UM GUIA DE ASTROBOTÂNICA PARA PREPARAR REMÉDIOS MÁGICOS#CORRESPONDÊNCIA ENTRE PLANTAS E PLANETAS: UM GUIA DE ASTROBOTÂNICA PARA PREPARAR REMÉDIOS MÁGICOS#O Sagrado Feminino pelo Budismo Vajrayana#Volvas – Mulheres ‘xamas’: as temidas e respeitadas Profetisas, Sábias, Sacerdotisas, Videntes nórdicas#A Adoração de Deus na forma feminina#Atma Shakti pela abordagem do Yoga#As Bruxas do Brasil Colônia#Os Planetas/ Astros na astrologia#Atargatis: uma deusa síria adorada nos primeiros séculos dC.#Ecofeminismo(s): Por Que Mulheres, Animais e Natureza Sob o Mesmo Olhar?#Disfunção Sexual Feminina#Anatomia Genital Feminina#Ginecologia natural: o poder das ervas a serviço da saúde da mulher#Ginecologia natural: um caminho para a humanização do cuidado#MENSTRUAÇÃO, CORPOS FÍSICO & SUTIL, GINECOLOGIA NATURAL & HOLÍSTICA#Diu de Cobre – Métodos contraceptivos não hormonais#O que você deve saber sobre os octagramas – estrelas de oito pontas#Sete raios#Empatia nos cuidados de saúde da mulher#Ginecologia Ayurveda#Passos positivos para se estabelecer para a gravidez pela Ginecologia Tradicional Chinesa#Ginecologia na Medicina Chinesa – Ginecologia Tradicional Chinesa – Oriental#Astrologia egípcia e signos do zodíaco egípcio#O Feminino Divino nos Contos de Fadas#Sirius – Estrela Nobre e Divina#Quiromancia#Shamans Göbekli Tepe e seus símbolos cósmicos e Shahmaran#Mulheres antigas xamãs da Irlanda: curandeiros, sacerdotisas e adivinhos#Shakti – seus significados#Imagens do Feminino Ancestral: Reconhecimento de Padrões, Através do Espaço e do Tempo#O keebèt e a cerimônia feminina no Chaco#Notre Dame de la Vie: Nossa Senhora da Vida#Templos da Deusa na Ásia Ocidental#Atete, Deusa do Povo Oromo no sul da Etiópia#Rainha de Saba / Sabah / Shaba – Makeda, Bilqis#Matriarcado, Matrilinearidade,#Mãe Menininha do Gantois#A rabina Léah Novick#A natureza divina das mulheres naturalmente – um desafio do século XXI#Citações do Feminino Divino#O poder da Irmandade / Fraternidade Feminina ou Sororidade#Influencias da Lua, dos planetas e outros astros sobre a terra#Sobre a Vagina, a Vulva e soluções naturais para alguns problemas#Runas – História, Mitos e Significados dos Símbolos#Madeiras para fazer varinhas mágicas#Dualidade Mútua: Yin Yang / Shiva Shakti#Plantas para reconexão feminina#O Feminino Divino está em Ascensão#Pindorama – O Brasil Nativo, O Brasil Ancestral – e Abya Yala#Astros de tônicas femininas para encontrá-los e entender o feminino no seu mapa astrológico#Florais para as mulheres#Ervas e plantas para a cura dos disturbios femininos – ervas e plantas para mulheres – Ginecologia Natural#Vênus e as Plêiades!#Código e Contemplação da ética das Sacerdotisas#Purificação, Consagração e Carregamento de objetos#Plantando um jardim mágico – Plantas Mágicas#Jóias egípcias antigas arrancadas do monte funerário da “princesa virgem” na Siberia, montanhas de Altai#Ervas, plantas e magia#Tuatha De Danann#Os Duidas#Moura Encantada#Poder dos Metais – Propriedades Magicas dos Metais#De Tonantzin Coatlicue à Virgem de Guadalupe: o que Elas têm em comum#Magia dos tecidos: A Cosmovisão Andina Através da Tecelagem#Deusas da Cura#As Hostes Angelicas – de Geoffrey Hodson#Os Anjos#Astrologia do Centro Galáctico – o centro galáctico no mapa astrológico#Tonalidade cósmica – o significado sagrado da tartaruga#Deusas hindus. Lakshmi, Sarasvati e Parvati (Sati, Durga e Kali)#A lenda hindu do dilúvio de Manu e o relato bíblico de Noé#A Deusa Ganga e O Ganges: o rio sagrado do hinduísmo#Qhaqoy – técnica massagem andian#simbolos para os principios#Ativando a Prosperidade#Sobre o que é Sombra#A Menstruação é realmente ‘normal’ ou ‘natural’? (do ponto de vista muito ancestral)#Ogham / Ogam – Alfabeto Celta – Druida#A Jornada de Inanna: A descida de Inanna ao submundo: uma obra-prima literária de 5.500 anos#Shakti – Invocando sua energia feminina#Deusa Mãe (Ninmah, Nintud / r, Belet-ili e Nin e Ninhursag)#Principais desastres ambientais no Brasil e no mundo#Salto de Sete Quedas – SALTOS DEL GUAIRÁ – O fim das maiores cachoeiras do mundo#Meses da árvore celta – 13/treze divisões lunares#Plantas harmonização hormonal#Magia, Magia Cerimonial e Teurgia#A Mãe Divina#Shakti – Na astrologia oriental e numerologia#Planetários e quadrados mágicos –#Artes divinatórias e práticas mânticas#Tarot: A Rota ou Roda das Experiências das civilizações antigas#Deusa Asherah – Representação Feminina do Sagrado, a Deusa de Israel#A Grande Deusa – Histórico#A Mais Antiga Oração Dirigida à Maria Datada Do Ano 250 d.C#Áreas reflexas femininas do corpo físico-etérico#Lilith#A Humanização do Parto e do Nascimento#Nomes Xamãs#Animais com fêmeas dominantes#Uma não definição de “xamã”#Enheduanna – A poeta e Alta Sacerdotisa acadiana#O Panteão da Mesopotâmia – Mitologia Mesopotâmia#Tiamat#Lista de ocultistas e escritores ocultistas#Plantas e seus benefícios#Reflexões de uma antropóloga e mãe: ‘O que aprendi com índios sobre educação infantil’#As “Montanhas Sagradas”, o Centro das Montanhas Mágicas da Mantiqueira – Aiuruoca#Serra do Roncador#Instrumentos Musicais Indígenas#O poder das raízes: As plantas falam umas com as outras pelas suas raízes#As mulheres e produção de óvulos: mulheres nascem com óvulos em seus ovários#Escritos e Evangelhos Apócrifos#Astarte, Astoreth, Ashtarot, a verdadeira origem de Venus e Afrodite#Deusas em Transformação:#Exercícios Kegel: Exercícios Musculares Pélvicos#Alquimia Feminina: Cultivo Feminino#Hypatia de Alexandria#Sírius, a estrela da realeza#Quem é Baphomet?#Maquiagem com produtos naturais (maquiagens veganas, naturais e caseiras)#Ēostre – A Deusa da Origem da Páscoa#Arqueólogos encontram vestígios de civilização desconhecida na Amazônia#Inanna – Ishtar – Astart (Ashtoreth)#Apsaras#Sobre a Frequência 432 e afins#A Era de Aquário#Evangelho de Maria#Quando Deus era mulher: A civilização das deusas gordas#Aradia#Porque precisamos de energia feminina no mundo#Mudanças no campo magnético da Terra#Associações de apoio às mulheres pelo mundo#Como a sabedoria das mulheres estava perdida#Ondas Cerebrais e Meditação#O Movimento do Sagrado Feminino ou Divino Feminino#A lenda de Mulan: a jornada da mulher e do feminino#Jornada de Cura – integrado as jornadas dos heróis e heroínas#Marija Gimbutas e a Deusa#Jornada da heroína: a narrativa mítica da mulher#Diferenças entre Signos e Constelações#Centro Galáctico#108 Siddhas Femininas, Dakinis, Yoginis e tântricas#Mulheres nas religiões#Casa da Virgem Maria na Turquia#As Mulheres na Cultura Védica#A Jornada da heroína e os ciclos de morte e vida#Elementos da meditação ativa:#Shakti Sadhana – Disciplina espiritual hindu (combinação de prática védica e tântrica)#Fases da Lua de 1900 a 2060#Informações básicas e interessantes da Astronomia#Locais importantes relacionados ao Caminho Evolutivo da civilização Ária#Samhain#Deusas da Mitologia no Brasil#A Centralidade da Feminina Divina – Shakti – no Sufismo#LILITH, O grande misterio do feminino selvagem#O que é Ginecosofia / Ginecosophia – Ginesofia / Ginesophia#Pleiades – pela Teosofia#Vídeos de Danças Femininas Étnicas (ciganas)#Vídeos de Danças Femininas Étnicas (indianas)#Vídeos de Danças Femininas Étnicas (orientais, árabes)#Vídeos de Danças Femininas Étnicas (flamenco e salsa)#Vídeos de Danças Femininas Étnicas (brasileiras)#Vídeos de Danças Femininas Étnicas (hawaianas, polinesia, tailandesas, chinesas outras)#Vídeos de Danças Femininas Étnicas (árabes – dança do vente, orientais tribais, indianas fusion e afins)#Mandala#Grupo Mawaka#Outras Músicas#Sarasvati, Lakshmi, Parvati – As Três deusas, Shaktis supremas do induísmo#Yasodhara#Yasodhara#Céu Real – Céu Astronômico do momento (Efemérides Astronômicas)#Beltane#Mulher Shaman / Mulheres Xamãs#Maha Devi – Lalitha Sahasranamam – Os 1000 nomes de Lalitha / Lalita#Dança Duende – Danza Duende e ‘El Duende’#Mulheres Heroínas Indígenas#Apu (divindade) – Os Espíritos da Montanha do Peru#Mitos e lendas: Paititi, uma importante cidade perdida dos Incas#Caminho do Peabiru – Caminho utilizado pelos nativos ancestrais sul-americanos, ligando o litoral ao interior#SHAKTI-SHIVA e a Cosmogênese – Os mistérios da origem do humano e do universo#Qoya – A Rainha-Sacerdotisa Inca#Ginecologia Natural – Naturologia Feminina: Saúde da Mulher#NEFERTITI, a Bela e Poderosa Rainha do Egito – A Grande Rainha do Nilo#Recebemos as mitocôndrias de nossas mães: maioria dos seus genes são oriundos de sua mãe.#Mulheres Incas#Hello world!#Deusas indianas e o significado de suas imagens#História das mulheres#Musicas Danças#RECONEXÃO Caminho Sagrado Feminino: Práticas Essenciais#O que é o Feminicídio ou femicídio#Gênero Feminino#Políticas públicas de combate à violência contra a mulher#Movimentos pelos Direitos da Mulher#Atos Internacionais – convenções que se referem às mulheres (Diretos da Mulher 2)#Direitos da Mulher#Helena Blavatsky#Mulheres em luta: Mulheres revolucionárias#Sobre o Útero – O Cálice Sagrado (pela abordagem do xamanismo tolteca contemporaneo)#Sobre Alquimia Interior – Alquimia Feminina – Respiração Ovariana – (pela abordagem do Tao Universal)#Tambores Xamânicos Sagrados#Xamanismo Huna (Hawai) e o Ho'oponopono#Atlantida, uma civilização matriarcal esquecida#Elementais da Natureza#Pedras de Poder#Os cristais e o ventre#Equilíbrio hormonal da mulher 2 – A importância da Progesterona#Equilíbrio Hormonal da Mulher#Por que nem todas as fêmeas menstruam? ….#Shakti#O Sagrado Feminino e a Deusa Gaia Manifestada#Os Mistérios de Vila Velha (Ponta Grossa – PR – Brasil)#Mistérios Brasileiros Famosos#As Deusas Védicas#O Poder das Plantas#Pesquisa revela o poder das mulheres Incas#Profecias dos Incas Q’ero#Mulheres da Floresta#ZENEIDA, A PAJÉ DO MARAJÓ#Mulheres Pajes – As xamas nativas brasileiras#A Sabedoria dos Incas e Andina e os resquícios de uma sabedoria sagrada feminina#A CHAKANA – A Cruz Andina ou Cruz Quadrada – a ponte entre os mundos#Acllas, as Sacerdotisas do Sol – Mulheres Sagradas dos Andes (sacerdotisas incas)#Princípios dos Povos Andinos#Pachamama#Herbologia mística – o poder das ervas e plantas#O Poder dos Cristais#O Poder das Flores – O Povo Flor#A Lenda das 13 Matriarcas#O Poder das Árvores: O Povo em Pé#Purificação com ervas – por método xamânico#Plantas de Poder#Catal Hoyuk – Anatólia (atual Turquia) e a arte da deusa e do feminino#Símbolos minóicos do culto a Deusa#Animais de poder – As ‘Criaturas’ ou ‘Criaturas Animais’ – Totens (Xamanismo)#Animais de poder – As 'Criaturas' ou 'Criaturas Animais' – Totens (Xamanismo)#Mix de ervas emagrecedoras – também diminui a barriga (perde gordura abdominal)#Shakti Mantras: os mantras de poder e graça potencializando outros mantras#Oração (ou contemplações) às Marias Navegantes – das Sacerdotisas de Maria#Theotokos – Maria como a 'Mãe de Deus'#Theotokos – Maria como a ‘Mãe de Deus’#Coliridianismo#A TERRA OCA – Mistérios milenares da Terra#Sara La Kali ou Santa Sara Kali – O Sagrado Feminino e o Sincretismo religioso#Segredos do Sagrado Feminino Cristão – As Marias do Mar#O que é ser uma sacerdotisa – A Sacerdotisa e o Sagrado Feminino#Sagrado Feminino: Brasil, ÍSIS, N.Srª Aparecida, o poder da Deusa#Sobre o Sagrado Feminino, as Abelhas e o mel, A Deusa Abelha#Shaktis – As mulheres Yoginis, Dakinis e Sacerdotisas#Shakti – A importância de seu reconhecimento pela mulher#Shaktis dos Nakshatras#Shakti – Poder Cósmico e Universal#Shakti : A Mãe do Mundo 1#Shakti: O Despertar da Deusa Adormecida na Matéria#Shakti: O Poder, a Força Divina Cósmica, Planetária e Pessoal#Shakti, kundalini e Tantra#Cariatides – Sacerdotisas de Artemis#Piramides na Bosnia e China#A história das coisas, pelas pessoas e pela Terra#Os Mistérios da Serra do Roncador#Avatara ou Avatar e o Kalki Avatar ou Maitreya#Links Astrologia Sideral e Astrologia Védica#O que são formas pensamento, egregoras e tulpa?#Estátua de Maitreya: uma imagem que a mente pode fazer dela uma ponte!#Allamirah – Uma Encarnação da Divina Mãe, do Feminino Sagrado#Oricalco: o metal desaparecido usado na Atlântida#Especiarias#Sacerdotisas Sumérias#Ervas Medicinais, Especiarias e Temperos#Shakti#Srichakra – representação de Shiva-Shakti no macrocósmico e microcósmicos#Dharma e Sanatana Dharma – As Leis Universais e o Sistema de Sabedoria da Índia para estar em sintonia com essas leis#A Filosofia Yoga Shakti – por Sri Swami Sivananda#Samantabhadri, Prajnaparamita, Vajravarahi e Arya Tara (As Grandes Shaktis do dharmakaya, sambhogakaya e Nirmanakaya)#Kurukulla: Lalitavajra ou Vajratara (ou Tara Vermelha)#Vajravahari e Vajrayogini#As ‘Deidades’ do Bardo (estágio intermediário)#Aditi – Devamatri, expansão cósmica, espaço; mãe de todas as coisas#Adi Parashakti (Adi Shakti) – Param Prakriti, o Poder do Para Brahman#Lokapalas ou Maharajas#Shri Yantra – Um dos mais conhecidos e poderosos Yantras#Lalita Tripurasundari – A origem dos 3 mundos#Filmes Indicados#Bibliografia: Livros – Indicação para o estudo da Espiritualidade e Sabedoria Feminina#Glossário de Deusas#Glossário Indígena e Xamânico#Músicas de Marcus Viana e Sagrado Coração#Links para as constelações e estrelas fixas: Pleiades, Orion/Tres Marias, Sirius, Algol, Cruzeiro do Sul, Pleiades do Sul, Cão e Ursa Maior, Coroa Austral e Boreal, Spica, Sadalmelik#Conjunções de Vênus (de 1900 a 2050) – Trânsitos e Ciclos de Venus (1032 a 2255)#Estações do Ano de 1900 a 2099#O Céu do Momento#Leis Herméticas – Leis ou Princípios Existenciais ou Leis que regem o Universo#As linguas originais sagradas: Sensar e Vatan – e os mistérios que elas guardam#Matrikas (Mães Protetoras e Purificadoras) e as 64 Dakinis#As Cinco Mães, Irmãs ou Consortes de Sabedoria (Prajnas) – Mães e Consortes dos Dhyanis Budhas#Pleroma – A Plenitude#Aeon – Emanações Supremas do Pleroma#Os conceitos de Self, Individuação e Iluminação#Os estágios-níveis de desenvolvimento humano e os domínios transpessoais#Meditação e o despertar do Poder e da Sabedoria Interior#Qual a diferença, entre os gêneros, que interferem nos métodos de despertar? (resumo síntese)#Como se dá a exploração energética direta da mulher? (resumo síntese)#O que é o ‘processo evolucional’ ou despertar da consciência? (resumo síntese)#Porque esta urgência de despertar? (resumo síntese)#Protegido: Sonhos lúcidos – teoria e prática#O que são Elementos Vibracionais?#Porque um sistema iniciático (de despertar) específico para as mulheres? (resumo síntese)#Crianças / Humanos Índigo e Cristais#Anjos e Devas#Porque muitas mulheres se sentem insatisfeitas nos seus relacionamentos? (Parte 1)#Dualismo e não dualismo#O que é Magia, Teurgia e Teurgia Natural?#Sobre as mulheres – pensamentos e frases#Hildegard de Bingen#O que significa Shekinah (Shekhinah ou Shechiná)#Shakti – O poder interior humano, planetário e cósmico: O Grande Feminino#Fenícios no Brasil muito antes dos portugueses#Ilha Brasil – Hy Brazil a ilha mítica, a ilha afortunada#Roda do Ano – Os 8 Festivais Celtas – As 8 fases da Deusa#Sobre o feminino, o masculino e o sexo – Dion Fortune#Sobre o significados de Sacerdotisa#Mata Amritanandamayi Devi, Ammachi ou Amma – A Shakti Mãe que distribui o Poder do Amor pelo abraço#Ma Yoga Shakti – A Shakti com realizações materiais e espirituais para o bem comum#Anandi Ma: uma Shakti oferecendo Shaktipat no ocidente#Transformando a energia em Shakti – referente aos ensinamentos de Shree Maa#Shee Maa – Uma deusa mãe da Índia para o ocidente#Planetas e Arcanos – para refletir os aspectos arquetípicos#Yeshe Tsogyal: uma Dakini iluminada#Therese Neumann – uma santa cristã#Sri Ma Anandamayi – Uma grande Shakti manifestada na índia#Mahavidya – As dez grandes Shaktis associadas aos grandes poderes cósmicos para os tântricos#Sri Sarada Devi – A Santa Mãe, uma Shakti encarnada#Alguns mestres orientais e suas Dakinis ou Shaktis – Padmasambhava, Ramamkrishna, Aurobindo#o que significam: Libertação, Iluminação, Auto Realização, Arhat, Nirvana#Nangsa Obum – uma mulher tibetana considerada emanação de Tara#Vajrayogini – A Shakti orientadora e inspiradora no caminho de iluminação#Tara – uma manifestação do aspecto feminino iluminado#As 64 Dakinis ou Yoginis#o que significa Prakrit, Mahaprakrit e Purusha#O que significa Kundalini, Fohat e Prana#O que significa Sophia (Sofia)#o que significam Deusas Mães ou Grandes Deusas#O que significa Devi#O que significa Dakini#O que significa Yogini#O que significa diksha, deeksha ou deeksa – ou iniciação espiritual#O que siginifica Shaktismo#O que significa Shaktipat#o que significa SHAKTI#Shakti#As Sacerdotisas da história desta civilização: Pitonisas, Vestais, de Ísis, de Inana, Sibilas#o que é THEASOPHIA (Theasofia, Teasofia) e THEALOGIA (Tealogia)#Gurumayi Chidvilasananda – uma bela e bem aventurada Shakti transmitindo Shaktipat ao ocidente#o que é TEURGIA e TAUMATURGIA#Mirra Alfassa – Shakti ou Companheira espiritual de Sri Arobindo#Ayu Khadro – Uma Grande Dakini manifestada
Espiritualidade Informações Essenciais Magia Construtiva ou Superior Manifestações e Emanações de Shakti / Qoya / Auset / Cy Mitologia Feminina Para Práticas e Estudos do Caminho Sagrado Feminino Teurgia Natural e Magia Natural Uncategorized

Shakti – O poder interior humano, planetário e cósmico: O Grande Feminino

Shakti  – O poder interior humano, planetário e cósmico.

Edição do livro BÊNÇÃO DE ENERGIA DAS ESTRELAS- SETE INICIAÇÕES – Virginia Essene & Irving Feurst – aqui priorizamos os aspectos mais importantes para o Shakti Vidya-

“A shakti é uma energia sutil, que tem sido programada para se comportar de maneira inteligente, seja diretamente através da Fonte, ou indiretamente através de um intermediário (uma consciência superior) que é tão espiritualmente evoluído que pode atuar como um canal puro para a mente divina. A palavra shakti expressa o conceito de que a energia é a Consciência Suprema e Primordial em ação…………

Todas as shaktis são energias sutis, mas nem todas as energias sutis são shaktis.

…….Shakti provém da “Fonte”, aquela a qual é o poder originário e sustentador do universo.

não deveria ser igualada à Fonte. ….. uma ferramenta que a Fonte permite que seja passada de uns para outros. É uma ferramenta não física, mas não deixa de ser uma ferramenta. ……..Nossa parte consiste em estarmos abertos para uma Iniciação, recebendo a graça da shakti e, tendo feito isto, sermos co-participantes ativos com a shakti em nossa transformação pessoal e espiritual. …..

uma corrente de energia fluindo na sua aura ou no seu corpo físico. Outras poderiam experienciar essa shakti através de um calor, coceira ou uma sensação de atividade em seus chakras. Algumas pessoas poderiam ouvir sons sutis, ou o que alguns chamam de “som celestial”.

Todas as shaktis abrangem tanto a luz divina quanto o som celestial, embora a proporção de cada uma possa variar consideravelmente de uma shakti para outra. Os planos espirituais são mais coesos que o físico e não existe o tipo de separação entre a luz divina e o som celestial que percebemos entre a luz e o som físicos. Outros ainda poderiam experienciar a shakti somente através dos seus efeitos, tais como a liberação (remoção completa ou parcial) de pensamentos negativos, ou sentimentos, ou a presença de pensamentos e sentimentos positivos (amor, compaixão, alegria, etc..)……… ………….diferentes shaktis trabalham com diferentes centros de energia e atingem diferentes objetivos). Uma shakti pode agir mais rapidamente e pode acessar maior informação sobre a estrutura dos chakras do que poderia um indivíduo trabalhando sozinho…………..Além de ter o poder de acessar grandes quantias de detalhes sobre os centros de energia mais conhecidos, que são os chakras, as shaktis também têm a possibilidade de acessar informação a respeito de outros centros importantes mas nem tão conhecidos como são o ao, os marmas e os sefirot………….Facilitará a abertura dos chakras e não cederá a essa influência…….Devido ao fato da shakti se comportar inteligentemente, ela possui uma importante habilidade de personalizar o que faz para cada pessoa……

as shaktis possuem diferentes cores e as que são muito sensíveis podem sentir diferentes texturas tais como suaves ou granuladas. …… pode ser sentidas como frias ou quentes, assim como a eletricidade. ….. movimentam em diferentes configurações geométricas: algumas se movimentam em linhas retas, outras em círculos, outras em espiral, etc… A razão pela qual essas diferenças entre as energias é de importância prática é porque diferentes shaktis efetuam diferentes coisas. Elas atuam em diferentes centros ou canais do corpo…………Com relação às posições dentro do corpo físico, cada chakra está governado por uma shakti diferente. Os nomes dados a estas pode variar, mais uma lista comum é a seguinte: o chakra básico está governado por Dakini, o chakra sacral por Rakini, o chakra do plexo solar por Lakini, o chakra do coração por Kakini, o chakra da garganta por Shakini, o chakra do terceiro olho por Hakimi e o chakra da coroa por Chaitanya.……………..

Os sete raios da criação são as energias fundamentais ou blocos de construção, a partir dos quais todas as outras energias são formadas……uma forma de olhar para a evolução tanto a nível individual como a nível de humanidade como um todo é como se fosse uma mudança na nossa estrutura de raios. O mundo inteiro pode ser visto como uma colcha gigante, feita de diferentes cores, cores essas correspondentes aos raios. A colcha está constantemente alterando e trocando as cores. Muda um pouco de cada vez, mas depois de mil anos parece completamente diferente. Essa alteração de padrão de energia dos raios explica tanto a evolução dos mundos físico e espiritual como também a inter-relação entre eles. Uma forma de se aproximar do entendimento das funções metafísicas e espirituais de uma parte do corpo é olhar para qual raio essa parte do corpo está trabalhando primordialmente. ……. o raio primário de energia que o sangue está emanando é o segundo raio que é o raio do Amor/Sabedoria………..

Sírius, Arcturus e as Plêiades formam um triângulo energético importante para o desenvolvimento da Consciência Crística. As freqüências yin, tanto de Arcturus como das Plêiades (particularmente Alcyone), atuam para equilibrar a forte energia yang de Sírius. As freqüências yin das Plêiades trabalham primariamente com os raios ímpares, enquanto que a freqüência também yin de Arcturus trabalha primariamente com os raios pares. O fato de serem necessárias duas forças para equilibrar a freqüência yang de Sírius é um testamento do poder dessa constelação…………. As Plêiades são um dos três sistemas estelares destinados a ajudar a humanidade, no que concerne ao desenvolvimento da Consciência Crística, sendo os demais Arcturus e Sírius. Futuramente os arcturianos serão os portadores mais significativos de energia yin da Consciência Crística para a humanidade, enquanto que no momento presente os pleiadianos são os mais importantes neste aspecto. O grupo das Plêiades é particularmente relevante nesta época, porque estão envolvidos em duas das tendências mais significativas que estão nos afetando no momento presente – o papel crescente da divindade feminina para trazer equilíbrio ao nosso planeta e o fato da humanidade estar chegando muito próximo de um salto quântico em nossa manifestação de nossa Consciência Crística……..os pleiadianos são muito talentosos na arte da cura e o fato de ajudar as outras culturas a entender os princípios de cura através da natureza é um foco importante das suas técnicas de ensinamento……

um chakra se movimenta rotativamente, uma boa forma de visualizá-lo é como uma flor em movimento rotativo. Esta rotação alonga a matéria sutil do chakra dando-lhe uma aparência cônica ou de funil. Um chakra também se assemelha a uma flor na forma em que se desenvolve. À medida em que evoluímos espiritualmente, as pétalas dessa flor se abrem. Existe uma curva de retroalimentação positiva entre o crescimento da nossa consciência e a abertura do nosso chakra…….O processo de abertura de um chakra muda nosso estado de consciência e é um processo orgânico que não pode ser acelerado…….Se você vai usar o trabalho com a energia para ajudar a abrir os chakras, a melhor forma é usando uma shakti, porque esta “conhece” exatamente quando e a forma como trabalhar em cada chakra. O uso de uma shakti ajudará a você evitar o dano que muitas práticas comuns podem causar…..a solução é uma mudança de consciência e não na forma. Eu creio que as pessoas ascendem, mas qualquer mudança de forma é resultado último da mudança de consciência. …….No corpo sutil de uma cadeia de DNA existem centros de raios e esses centros se tornam ativos num determinado momento da evolução humana. Cada um desses centros, habilita uma pessoa a se sintonizar mais claramente com as energias que estão vindo de uma das civilizações que têm o propósito de auxílio. Eu creio que para a humanidade como um todo, esses pontos de raios talvez não se tornem ativos por muitos séculos….À medida que evoluímos espiritualmente, os centros de energia, sejam eles chakras, glândulas ou DNA, aumentam em taxa vibracional…….

A Compaixão Universal é um dos estados de consciência mais intensos e transformadores. Se alguém experiencia este estado, mesmo que seja por um momento, essa pessoa nunca mais poderá ser a mesma novamente. A Compaixão Universal é importante, não só para o desenvolvimento do indivíduo, mas também para o desenvolvimento da humanidade.

Os Vegas ensinam que existem três medos, que nós humanos temos, os quais são bloqueios emocionais primários, e que nos impedem de experienciar uma maior compaixão. Esses medos são: o medo da dor emocional; o medo da privação, ou seja, que ao sentirmos compaixão perderemos algo; o temor do desvio da nossa própria jornada. A verdade é que, em cada caso, a verdadeira compaixão, diferenciada da pena ou da codependência, nos conduz exatamente ao oposto do que tememos……Às vezes se diz que a compaixão é mais o desejo de aliviar o sofrimento do outro, enquanto o amor é mais o desejo de fazer alguém feliz. Na perspectiva dos planos superiores, a compaixão e o amor não são qualidades separadas, mas aspectos de uma totalidade maior e indivisível – diferentes cores dentro de um mesmo arco-íris. Similarmente, existe um estágio evolucionário além do desenvolvimento da compaixão e do corpo de amor. Esse estágio é a unificação desses dois corpos para formarem uma totalidade maior e indivisível…….O papel principal de guiar a humanidade a longo prazo é dos Vegas e tem também o objetivo de ajudar-nos com a unificação desses dois corpos. Eles irão nos introduzir a técnicas de corpo de luz específicas, para atingirmos esse propósito….. Comparativamente a compaixão possui mais qualidade yin e o amor uma qualidade yang. São como duas partes de uma grande totalidade…… Quando alguém vivencia uma compaixão realmente profunda por alguém, do tipo Compaixão Universal, a qual tem se desenvolvido no budismo, existe uma qualidade de serenidade ou descanso a respeito disso. Quero enfatizar que a compaixão inclui sim um impulso para a ação e esta é a diferença entre compaixão e simples empatia. Não obstante, existe uma determinada qualidade de tranqüilidade na compaixão profunda que é muito difícil expressar em palavras. Em relação à compaixão, o amor tem uma qualidade mais ativa. …. amor e compaixão … o desenvolvimento de um sustenta o desenvolvimento do outro. A maioria das pessoas não pode sair de onde elas se encontram sentindo Amor Incondicional por todas as pessoas; elas primeiro devem passar por um estágio no qual sintam compaixão por todos. O desenvolvimento da compaixão para todas as pessoas é facilitado pela experiência do amor profundo para com uma ou mais pessoas em nossa própria vida……uma pessoa, a qual tenha realmente desenvolvido uma Consciência Búdica, assim como uma pessoa que tenha realmente desenvolvido uma Consciência Crística, teria um sentimento de paz. Contudo, essa é uma qualidade que é mais profundamente desenvolvida na tradição budista. Se você se encontrar próximo de algum lama tibetano, por exemplo, eles têm uma qualidade de paz ou serenidade que é extraordinariamente forte e é irradiada dos seus corpos em forma de ondas, possuindo uma influência muito profunda naqueles que estiverem por perto. Agora, uma pessoa que tenha seguido o caminho da Consciência Crística, também tem uma sensação de paz muito bem desenvolvida, mas as energias que são irradiadas têm a tendência mais de despertar amor e alegria nas pessoas que lhe estão próximas, do que paz. Existe com certeza um rótulo semelhante, todavia elas de jeito algum são idênticas. É uma simplificação pensar que todas as tradições estão ensinando a mesma coisa, mas também é importante quando discutimos as diferenças para lembrarmos de que existem semelhanças importantes. Do ponto de vista de alguém que é clarividente ou muito sensível à energia, fica muito claro que essas tradições estão desenvolvendo diferentes aspectos de nós mesmos, porque a energia que provém de praticantes desenvolvidos nessas respectivas tradições, são bastante diferentes uma das outras……Uma das técnicas de sabedoria mais antigas, a tradição hindu, a qual há pouco você estava se referindo, deixa bem claro que a consciência indiferenciada não vibra. Uma distinção é desenhada entre Shiva (o princípio da consciência) e shakti (o princípio da energia), então a idéia de que tudo é vibração é realmente uma distorção dos ensinamentos antigos, mais do que um ensinamento antigo em si próprio. Se quisermos trabalhar com o desenvolvimento de uma qualidade, é importante que trabalhemos tanto do ponto de vista da consciência quanto da energia. Você fará muito mais progresso trabalhando com as dois…… Você não poderá ir muito além na sua jornada do seu crescimento pessoal senão evoluir espiritualmente e você não poderá evoluir espiritualmente sem evoluir pessoalmente. Então quanto maior seja nosso entendimento de como nossos medos inconscientes nos limitam, maior nossa possibilidade de se desenvolver pessoal e espiritualmente tanto para o amor como para a compaixão……para que a humanidade desenvolva um campo de Corpo Sutil completamente desenvolvido, o qual integre tanto o Corpo de Amor quanto o Corpo de Compaixão, o conhecimento de como se desenvolver cada corpo separadamente deve se tornar mais difundido, daí então poderemos trabalhar na integração dos dois……..a shakti entra no campo energético sem pré-concepção e começa a trabalhar em qualquer coisa que mereça atenção……a verdadeira fonte da compaixão é a alma. A alma não pode ser definida em palavras, porém pode ser experienciada. Existem três aspectos primários da alma: vontade, amor e mente superior…..Os Mestres de Betelgeuse nos ensinam: “Entendam quem você é. Você é o casamento entre a alma e a carne. Sem a existência da alma o corpo é uma argila sem vida; sem o corpo, a alma é uma flor sem terra. A alma é movimento divino; a alma é Deus em movimento. Onde houver movimento existirá alma. A alma é o movimento e o corpo é o que se movimenta.” ….. Em cada novo estágio de conscientização da alma existe uma forte infusão de energia da alma na personalidade. Durante esse estágio uma pessoa pode facilmente cometer o erro de pensar que é simplesmente uma alma. Algumas pessoas ficam presas a essa etapa. O próximo estágio é aquele no qual a energia da alma é integrada à forma física. Essa alternância de ênfase entre o aspecto espiritual e o aspecto da forma acontece com todos, mesmo para aqueles cujo aspecto de forma é mais um corpo de luz mais do que de um corpo físico denso. A razão pela qual muitos ensinamentos espirituais dão ênfase para a alma é porque a maioria das pessoas está demasiadamente identificada com a forma física e é preciso passar-se à fase de identificação da alma…..trabalho com o elemento metafísico da água e das emoções…. soltar emoções de medo do primeiro chakra, incluindo o medo da “morte do ego”, o qual surge durante o processo da fusão da alma à personalidade…….. a alma é a clássica definição de que a alma não é nem matéria nem espírito, mas um meio termo entre as duas coisas……a alma é uma realidade vivente e que nós temos que vivenciá-la diariamente na Terra e desta maneira trazer sentimentos de profunda alegria, sensação de estar vivo e de amorosidade a nossa vida diária…..experiências mais completas podem ser desencadeadas através da receptividade, da meditação e do trabalho com as energias………é muito mais fácil para as pessoas se conectarem à alma através do amor e através da compaixão do que através da vontade e da mente superior (cósmica – interconexão com o Universo – entender as Leis Cósmicas). …. as experiências mais comuns que as pessoas vivenciam de suas almas é quando sentem como se fossem tocados por alguma coisa de muita importância, alguma coisa que transcende a vida comum e isso acontece através do amor. Eu diria que a segunda e mais comum forma de experimentar a alma é através da beleza divina……. O amor, a vontade e a mente superior são aspectos distintos da alma, mas inter-relacionados. Uma pessoa pode estar muito bem desenvolvida em um destes aspectos e não em outro….. o desenvolvimento do amor pode conduzir ao desenvolvimento da vontade… de vontade divina e de rendição à vontade divina… no ocidente nós temos a tendência de associar rendição com subjugação ou até com escravidão….. Você resistirá à rendição durante o tempo em que a sua personalidade estiver projetando em Deus os seus problemas com questões de autoridade, incluindo a autoridade paterna que nós vivenciamos quando crescíamos. Só quando você se der conta que não está se rendendo a nenhuma autoridade externa, regras ou leis, mas redendo-se ao seu eu mais profundo é que você poderá se render à vontade divina. O paradoxo é que através da rendição nós nos tornamos livres para tornar-nos nosso verdadeiro eu. De fato, é somente através da rendição que você pode se tornar o seu eu verdadeiro…. a alma pode ser mascarada pela imperfeição da personalidade. É muito importante entender que a alma é completamente pura…. a alma está sempre em total união com a vontade Superior. É a personalidade que faz escolhas erradas, afastando-se assim da Conciência Superior…… O que chamamos de mal é a interferência da personalidade com a natureza pura e incorrupta da alma. O mal é simplesmente a ausência do bem. De uma perspectiva mais elevada, o mal é o bem que ainda não se manifestou. Para usar uma analogia física, existe uma partícula de luz, chamada fóton, mas não há partículas de escuridão. Se uma sala está escura, não é porque existe escuridão sendo emitida, é porque existe uma ausência de luz…. De uma perspectiva energética há uma elevação na taxa vibracional de cada pessoa e leva um tempo para que as energias sejam aterradas e integradas através dos seus corpos etéricos, emocional e mental…. ego é uma estrutura psicodinâmica; é a parte de você que identifica com qualquer coisa que você perceba como própria − como por exemplo, ser boa pessoa ser pai, etc. − e essa identidade tem uma vida própria….. A razão pela qual você experimenta medo é porque o seu ego se identificou com a personagem. Essa é a natureza básica do ego. A função básica do ego é identificar-se. …o seu ego tem se identificado como sendo uma pessoa particular em um corpo particular. A verdade é que de uma perspectiva maior, você não é mais que um saco de carne e ossos, ao qual você prende seu nome. Você é uma alma encarnada com ênfase na palavra alma. Você é maior que a personalidade. Quando o influxo de energia da alma começa a aparecer, o seu ego pode se sentir como que ameaçado de destruição.…. É comum usar a frase “morte do ego”, mas o ego ainda está ali, mesmo após passar por esse processo de evolução espiritual. Como Krishnamurti disse: “você precisa do seu ego para tomar o ônibus”. Se você vai ser uma unidade de funcionamento separada no plano físico, você necessita ter um ego. Se você estivesse tão identificado com o universo, você não somente perderia o ônibus, como talvez fosse atropelado por ele. Assim o ego não morre ou desaparece literalmente, se transforma. A transformação é tão radical que para o ego é como se ele fosse desaparecer. Se você está seriamente procurando um desenvolvimento espiritual, então em algum momento o seu ego vai ser testado e isso com certeza vai ser desconfortável. Isso é que difere os ensinamentos místicos legítimos de algumas partes do movimento da Nova Era, que estabelecem que o crescimento não requer dor ou sofrimento….. Não são simplesmente as nossas concepções conscientemente sustentadas que influenciam a nossa experiência diária de estarmos no mundo. Nossas crenças inconscientes também jogam um papel muito importante. A mente inconsciente é um poderoso controlador de energia e na realidade modela os nossos corpos sutis para conformá-los à sua percepção da realidade….. Nossas crenças, tanto conscientes quanto inconscientes, também influenciam o influxo da energia espiritual. Um bom exemplo é previsto pelo influxo da energia kundalini. A observação científica de pessoas que tenham experiências da kundalini sem prévios conhecimentos ou preconceitos sobre a kundalini, mostram que o influxo da kundalini não pára depois que se levanta da base da espinha até o topo da cabeça. Em vez disso, continua para cima da cabeça, para a parte da frente do corpo e para baixo. Isto é natural porque a kundalini é o Mestre integrador da matéria e o espírito, o influxo para cima nos conduz ao reino do Divino e transcendental, enquanto que o influxo para baixo nos ajuda a incorporar este reino à nossa vida aqui na Terra. Contudo, aqueles que acham que a energia kundalini é para parar supostamente no chakra da coroa, acharão que esta crença na realidade faz com que a energia cesse ali mesmo na coroa. Você bem pode se perguntar se é possível reconceitualizar a matéria e o espírito. A mudança mais importante a fazer é entender de uma maneira cada vez mais profunda que matéria e espírito são dualidades e não opostos. O mundo está organizado conforme o princípio da dualidade ying e yang, dia e noite, frio e quente, em cima e embaixo, etc. Existem três níveis de percepção da dualidade por uma pessoa……… são os sete raios da criação, as energias através dos quais tudo no mundo fenomenal é composto. A segunda coisa é que tudo na evolução pode ser visto como uma mudança de padrão de raios de energia. O universo inteiro é como um caleidoscópio gigante de raios de energia onde os padrões, através da interação dos raios, estão sendo constantemente trocados e mudados. Todos os raios estão presentes a todo momento mas, em diferentes períodos da história, diferentes raios de energia predominaram. Embora a Terra por inteiro e a humanidade estejam no Segundo Raio do Amor/Sabedoria, o raio que está influenciando a nossa evolução é o Sétimo. D. K. nos conta que a função cósmica primária do Sétimo Raio é a de efetuar o casamento entre a matéria e o espírito. Então nós observamos este efeito acontecendo no nosso planeta agora. Devido a esta íntima conexão entre matéria e espírito, o Sétimo Raio tem sido associado com a divindade feminina. Muitas das mudanças que acontecem em nossa cultura hoje em dia é o resultado do estímulo pelo Sétimo Raio do aspecto feminino da natureza humana. Uma expressão do Sétimo Raio é a atenção para conosco e também para com os outros. Por isso estamos enxergando um aumento do interesse nas coisas do tipo saúde holística. Muitas correntes sociais podem ser melhor entendidas em termos de um aumento da energia do Sétimo Raio entrando no planeta….. o Sétimo Raio de energia produz nas diferentes correntes sociais demonstra o ponto de vista esotérico. Este não nega a existência de forças sociais, mas diz que elas operam conjuntamente com influências energéticas profundas e invisíveis para ajudar nas mudanças positivas…… Através das práticas tântricas, honramos a força sexual sagrada em nós mesmos e em nosso parceiro. Nós devemos olhar a força sexual com uma perspectiva ampliada. Precisamos entender que é um aspecto da força da vida, com um “V” maiúsculo e que também existe uma relação muito íntima entre a energia sexual e a energia espiritual. Cada uma delas pode ser transformada na outra porque ambas são partes do mesmo espectro. Poderíamos dizer que são manifestações de uma unidade fundamental maior. E a última coisa que eu diria é que, embora a tradição tântrica hindu seja, talvez, a mais conhecida comumente, encontramos tradições tântricas através do mundo todo…… Parte do nosso processo evolutivo é que os homens reconheçam e integram a energia feminina e as mulheres reconheçam e integrem suas energias masculinas. À medida que passa o tempo, nós ficamos cada vez mais equilibrados. Contudo, é importante entender que mesmo depois de termos alcançado o equilíbrio, haverá ainda uma deslocamentos para trás e para frente entre um momento e outro, quando a energia masculina predominará e momentos quando será a vez da energia feminina predominar……. A ferramenta mais importante e simples é a meditação e por meditações não me refiro a meditações guiadas. Me refiro à meditação clássica, que pode tomar muitas formas – meditação de vipassana, meditação de mantras, processos de respiração específicos, etc. Num nível social, eu acho que uma das coisas mais úteis que podemos fazer é criar instituições que nutram o aprendizado da meditação. Se cada um de nós, em nossa sociedade meditasse regularmente, então estaríamos mudando a sociedade desde a raiz….. Nada substitui uma dura disciplina da meditação clássica….. A meditação não somente reestrutura os corpos físico, emocional e mental – como dá a você benefícios mais imediatos – mas também reestrutura o corpo causal. A reestruturação seu corpo causal é essencial para sua evolução espiritual e não pode ser alcançada com métodos como visualização criativa…… A meditação é o unificador principal. Não só unifica a mente consciente e a mente transpessoal, mas também unifica as nossas mentes consciente e inconsciente. Este é um assunto vital porque as nossas mentes inconscientes estão sempre em funcionamento e isto afeta também o mundo espiritual. Nossos mecanismos de defesa não se desligam magicamente só porque nós estamos tratando com um ser que está num corpo de luz mais do que em um corpo físico. Em outras palavras, nós projetamos nossas falsas crenças e atitudes negativas sobre os nossos guias espirituais e sobre Deus, tanto quanto projetamos em cima de outras pessoas na vida diária…….. o inconsciente não somente pode reinterpretar a energia do som físico, como também pode deformar a energia sutil. Exemplo: quando alguém está comunicando uma mensagem para nós e essa pessoa quer que acreditemos nela, essa pessoa também está nos mandando formas-pensamento. Estas formas-pensamento viajam do corpo sutil do remetente até os campos sutis do receptor e muitas vezes as formas-pensamento são muito mais potentes que a comunicação verbal. Às vezes, temos a sensação de que alguém é muito convincente, mesmo que suas palavras careçam de poder. O que acontece nesses momentos é que se experimenta a força das formas-pensamento dessa pessoa. Muitas pessoas estão familiarizadas com o conceito de que a linguagem corporal pode expressar mais do que as próprias palavras. De forma similar, as formas-pensamento podem expressar mais do que as palavras e a linguagem corporal combinadas.

Quando escutamos alguém dizer para nós algo que nós não queremos ouvir conscientemente, nossa resistência também acontece num nível energético. Na realidade, estamos distorcendo as formas-pensamento que estão colocando dentro de nossos corpos sutis para que fique em concordância com as nossas formas-pensamento. Se uma pessoa é clarividente, pode perfeitamente ver este processo. Se pode enxergar formas-pensamento como uma determinada ressonância entrando e logo após a pessoa manipulando-as e genuinamente mudando a ressonância das mesmas. ….. Desde que a matéria sutil das formas-pensamento têm propriedades, que são análogas às propriedades eletromagnéticas da matéria física, a mais comum é simplesmente levantar uma barreira energética ou repelir eletromagneticamente as formas-pensamento. Também é possível tomar a matéria mental de uma forma-pensamento e “reformá-la” com as suas próprias crenças e a sensação de que alguma coisa estará então acontecendo, algo além do nível verbal. Esses são padrões comuns que eu enxergo….. Posso assinalar que desde uma perspectiva energética, a mudança mais profunda é uma questão de equilíbrio entre as energias do fogo e da água? Uma classificação muito geral sobre os sistemas de trabalho com a energia espiritual é a de classificá-las em tradições do fogo e tradição da água. Isto se admite, é uma generalização, mas é muito útil. Provavelmente, o exemplo mais conhecido do trabalho com o elemento fogo venha da kundalini do Hinduísmo, o qual é um “fogo” que se levanta do chakra básico e se movimenta para cima do canal central do corpo. Em geral, as tradições do fogo são muito populares através da história porque elas podem produzir resultados rápidos.

Por outro lado, o Taoísmo é talvez a tradição da água mais conhecida e as tradições da água são tão poderosas e efetivas a longo prazo como as tradições que lidam com o fogo.

Algumas pessoas acham as tradições do fogo demasiado intensas e preferem as tradições da água, achando que são mais graciosas ou cuidadosas. Para estarmos completamente despertos e equilibrados, nós, na realidade, precisamos de ambos, do elemento fogo e do elemento água.

Um exemplo de uma tradição antiga que frisava o equilíbrio entre o fogo e a água foi a tradição antiga do Egito. A tradição dos tempos modernos que frisa ambos, a água e o fogo, é a havaiana, do Huna. A tradição Huna também enfatiza que o masculino e o feminino são simplesmente diferentes aspectos ou aparências da Unidade…… a água nas nossas células deve estar completamente estruturada para que possa sustentar mais energia de Segundo Raio…… Quando você se ilumina, isto não está confinado a uma mudança no seu pensamento ou nos seus corpos de energia; é uma mudança no seu corpo por inteiro, o seu cérebro muda, a sua medula óssea muda, o seu sangue muda. Isto não é simplesmente teoria. Tem havido experimentos que mostram que meditadores avançados têm substâncias na sua urina que as pessoas comuns possuem em quantidades bem menores. O que vem à mente é uma experiência que foi mostrado que meditadores avançados têm muito mais melatonina nas suas urinas….. A forma de mudar os corpos sutis é, como disse antes, através do trabalho com energia e a meditação. A meditação também é crucial para o desenvolvimento da glândula pineal, a qual se aterra e integra as energias sutis no corpo físico…. O amor é uma força incrível que existe no universo em muitos níveis. Não é simplesmente uma emoção. D.K. entre outros, usa o termo Amor/Sabedoria, o qual une dois conceitos que nós normalmente pensamos como se fossem separados. Claro que, de uma perspectiva mais elevada, eles não estão realmente separados. O Amor Divino é uma forma de conhecimento que traz uma sensação de satisfação, na qual todas as questões pessoais têm sido respondidas. Quando uma pessoa vivencia este estado sincero não necessita nem perguntar “Quem sou?” “De onde vim?”, mais do que uma criança que está completamente envolvida no amor da sua mãe precisaria fazer estes questionamentos…………. os Sete Raios da Criação. Estes sete raios são os “blocos de construção” da energia fundamental, a partir do qual, tudo – incluindo a Consciência Crística – se manifesta.

Cada um dos Sete Raios da Criação traz inumeráveis lições para ensinar à humanidade. Estas incluem os sete aspectos da Consciência Crística listados logo a seguir, com o primeiro aspecto relacionado ao Primeiro Raio; o segundo ao Segundo Raio, etc.

Os Sete Aspectos da Consciência Crística

1. Síntese completa da vontade pessoal e divina.

2. Amor incondicional por tudo na criação de Deus.

3. Uma profunda união entre o ser e o acionar, para que a vida de cada indivíduo se torne um grupo de ações integradas, implementando o plano divino no mundo físico.

4. Harmonização – um aspecto primário da Consciência Crística com freqüência alcançado através do conflito. Isto inclui a harmonização interna dos muitos aspectos do próprio ser de cada pessoa e a harmonização externa entre os indivíduos e entre as diferentes partes da sociedade.

5. “Perspicácia Divina” – uma compreensão prática, aterrada para a implementação do plano de Deus.

6. Devoção total a Deus e à crença de que o reino de Deus pode manifestar-se por completo aqui na Terra.

7. Uma profunda integração com o espírito e a matéria dentro de si próprio e uma profunda compreensão da relação existente entre o espírito e a matéria. Isto inclui os seguintes entendimentos:

a) que o apego à matéria e aos sentidos físicos é o principal empecilho para o crescimento espiritual – com o apego às riquezas sendo um problema particularmente insidioso;

b) que a matéria e o espírito são uma dualidade, o que não implica um conflito intrínseco entre eles. A matéria é vista como a vestimenta externa de Deus;

c) que nós, como seres humanos, só nos sentiremos completos quando tivermos unificado a matéria e o espírito, porque é nosso destino viver nos dois mundos ao mesmo tempo………

Na “Iniciação Humana e Solar”, pág. 18, D. K. nos conta que um mestre é aquele que tenha recebido a sétima Iniciação planetária, a quinta Iniciação solar e a primeira siriana ou cósmica. Como você pode inferir do fato de que se tornar um mestre na Terra faz com que uma pessoa seja somente um iniciado principiante no nível de Sírius; as Iniciações de Sírius são claramente as mais avançadas dos três níveis….. Cada pessoa que está encarnada na Terra possui um Templo de Sírius, ou sistema de grades padrão de energia, que tem —o objetivo de acelerar em grande medida o desenvolvimento da Consciência Crística. O Templo não será ativado de uma vez só, mas em doze estágios diferentes, entretanto, inter-relacionados. Nenhuma ativação do Templo pode acontecer até que a água de nossas células tenha sido suficientemente estruturada para sustentar mais energia e maiores informações…. A ativação do Templo de Sírius também facilita a ativação das sete sementes crísticas e a ativação destas sementes, por sua vez, facilita posteriormente a ativação dos estágios mais elevados do Templo de Sírius. Recordemos que estas sementes crísticas foram mencionadas no capítulo de Arcturus. Cada semente está associada a um dos sete raios e ajuda a desenvolver um dos atributos primários da Consciência Crística descrito anteriormente neste capítulo. Uma vez que a segunda semente Crística se ativa, esta aumenta significativamente a capacidade da água em nossas células de sustentar energia do Segundo Raio. Então, nós teremos os benefícios das energias que os mestres de Sírius enviarão para nós, para acelerar a ativação de estágios mais elevados do Templo….. As sementes crísticas, a água em nossas células e as energias de Sírius estão interconectadas de muitas maneiras. Não é necessário entender estas conexões transformadoras para se beneficiar delas. Assim como as freqüências usadas pelos mistérios egípcios, determinadas freqüências no Templo de Sírius atual podem conduzir ao desenvolvimento de poderes sobrenaturais. Por esta razão, somente pode ser ativado numa pessoa que tenha adquirido um grande grau de liberdade do glamour ou quando existe um outra garantia dada à Hierarquia Espiritual que esses poderes não serão abusados….. nós somos uma alma em encarnação física e o processo de uma alma encarnada numa vibração mais densa envolve um número de seres espirituais cooperando para lograr a missão da alma. Esses companheiros de auxílio incluem o Anjo Solar da pessoa (que algumas pessoas se referem como anjo guardião) e os guias primários e mestres que ajudam essa pessoa. Também inclui aqueles seres espirituais que estão encarregados como guia geral e da evolução da humanidade e do planeta Terra – como por exemplo – os sirianos. Como se pode ver, num nível divino, nós somos todos partes de uma mesma mandala viva e as divisões que nós fazemos aqui no plano físico não existem nos planos mais elevados….. A curva da involução é a descida do espírito na matéria e tem sido chamada de expiração de Deus. A curva de evolução é a ascensão da matéria até o espírito e tem sido chamada de inspiração de Deus. A personalidade se encontra na curva de evolução, enquanto que a alma, na curva da involução. Do mesmo jeito que acontece com a natureza própria da personalidade de precisar de ajuda para a expansão da sua consciência e quebrar a identificação exclusiva com o ego, está na natureza própria da alma precisar de ajuda na descida eaterramento no reino da matéria. Na sua maior parte, a nossa cultura perdeu contato com o entendimento da natureza da alma…. A alma não tem lições morais para aprender, antes, as lições que a alma tem a aprender tem a ver com a sabedoria de como descer e expressar-se através da matéria. A descida da alma dentro da vibração da matéria não acontece de repente, mas em estágios….. o universo não foi criado de uma vez só, mas através de uma série de encarnações ou planos de realidades, cada uma como diferentes taxas vibracionais. Na tradição teosófica, os nomes dados a esses planos, que são sete em número, são os planos físico ou etérico, emocional, mental, búdico, átmico, monádico, cósmico ou logóico. A alma emana distante da mônada e portanto existem cinco planos da realidade abaixo dela. Isto explica o ensinamento clássico achado na Kabala, de que a alma tem cinco níveis. À medida que a alma desce através dos planos da realidade, o último plano ao qual desce (plano físico) tem a vibração mais densa de todas e é a menos familiar para a alma…. o Templo de Sírios é uma estrutura de grades energéticas que está presente em todos os seres humanos encarnados na Terra. O propósito do sistema de grades, uma vez que se tornar ativado, é o de acelerar o desenvolvimento de todos os sete componentes primários da Consciência Crística….. O Templo está localizado em ambos, o corpo físico e o sutil, porque um dos sete componentes primários da Consciência Crística, a harmonização, envolve a unificação dos corpos físico e sutil. Embora o Templo trabalhe com os sete atributos primários da Consciência Crística discutidos anteriormente, a sua função primária é de ancorar o reino espiritual dentro do reino físico, descendo até o nível celular. Você vê, é muito importante compreender que, para a Consciência Crística se tornar completamente manifestada, devemos mudar fisicamente, até o nível celular. O aumento na estrutura da água que as duas Iniciações de Órion, provenientes das estrelas de Betelgeuse e Rigel, ajudam a criar, também facilitam o nível de evolução celular. Contudo, você se beneficiará mais da ajuda no nível celular que os mestres não terrestresoferecem se você permanentemente realizar trabalhos de limpeza nos chackas medianos e no corpo sutil…… as tradições existentes no mundo são divididas, desde um ponto de vista energético, em cinco grande grupos correspondendo aos elementos. E quando alguém realiza as práticas avançada de uma determinada tradição, digamos, por exemplo, a família do elemento fogo, existe uma espécie de elixir que é secreto. Similarmente, um elixir também é produzido por cada uma das outras famílias de elementais. Quando eu digo elixir, estou me referindo à energia sutil que tem uma percepção líquida dele. A humanidade está evoluindo para uma superconsciência, a qual é facilitada pela presença simultânea dos cinco elixires elementais. Uma das funções do Instrutor do Mundo será a de acelerar a habilidade das pessoas de produzir todos os cinco elixires e assim acelerar a chegada deste novo estado de superconsciência….. Uma verdadeira Iniciação é um novo começo, a transformação para uma nova forma de ser. A analogia que é empregada com freqüência é de que uma Iniciação seria como a passagem através de um portal…… “uma Iniciação é como uma seqüência progressiva de impactos direcionados de energia”. Do ponto de vista esotérico, a Iniciação implica uma transformação permanente nos campos de energia dos seus corpos sutis. É importante entender que a Iniciação nãoenvolve aprendizado intelectual, é uma mudança permanente na sua estrutura e portanto no seu ser. Do ponto de vista esotérico, cada um de nós está envolvido por uma seqüência de campos de energia aninhados.”

Similar Posts